X

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!

Estudo francês associa ingestão de açúcar ao maior risco de câncer

Comer muito açúcar, inclusive dos laticínios, pode aumentar o risco de aparecimento de câncer, diz estudo (Foto: Pixabay)

Todo mundo sabe que comer muito açúcar é um fator de risco para doenças como obesidade, diabetes tipo 2 e cardiopatias. Porém, existem poucos estudos associando a ingestão de carboidratos vazios (como o açúcar refinado) ao surgimento de câncer.

Um estudo publicado em setembro no jornal científico The American Clinical Journal of Nutrition sugere que os açúcares podem desempenhar um papel importante no surgimento do tumor associado à obesidade, mas também devido a processos inflamatórios e oxidativos e resistência à insulina, mesmo na ausência de ganho de peso.

Segundo os cientistas da Universidade de Sorbonne Paris Nord, o objetivo foi estudar as associações entre a ingestão de açúcar total e adicionado e o risco de câncer (geral, mama e próstata), levando em consideração os tipos e fontes de carboidratos, inclusive a lactose do leite.

Na pesquisa, foram avaliados 101.279 pessoas com idade média de 40,8 anos, que participaram do estudo longitudinal francês NutriNet-Santé, realizado entre 2009 e 2019.

A ingestão de açúcar foi avaliada por meio de registros de tudo que era consumido em 24 horas.

Embora o carboidrato vazio tenha sido difamado há muito tempo, o estudo descobriu que a ingestão total de açúcar estava associada a um maior risco geral de câncer e, se você reduzir o consumo, o risco de tumor pode diminuir.

O açúcar do leite e seus derivados, bem como de outras sobremesas, estavam entre aqueles que aumentaram o risco de câncer.

“Esses resultados sugerem que os açúcares podem representar um fator de risco modificável para a prevenção do câncer, de mama em particular, contribuindo para o debate atual sobre a implementação da tributação do açúcar, regulamentação de marketing e outras políticas relacionadas aos doces”, afirmam os cientistas no artigo.

Categories: Bem-estar
João Paulo Martins:

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!