X

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!

Dieta mediterrânea rica em azeite ajuda a eliminar o colesterol ruim

Além de frutas, vegetais, grãos integrais e peixes, quem segue a dieta mediterrânea deve adicionar uma boa porção de azeite nas refeiç~eos diárias (Foto: Pixabay)

Acrescente um ingrediente muito saudável às suas refeições: azeite de oliva. Ele é uma das peças-chave da dieta mediterrânea e pode ajudar a aumentar o nível de colesterol “bom” (HDL ou lipoproteína de alta densidade), segundo a Associação Americana do Coração (American Heart Association).

Em artigo publicado no site da associação em 2017, a entidade especializada em cardiologia avaliou pessoas com alto risco de doenças cardíacas que seguiram uma destas três dietas durante um ano: dieta mediterrânea enriquecida com quatro colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem por dia; mediterrânea com um punhado de nozes por dia; e dieta de controle com foco no corte de alimentos processados e doces.

Como saliente a associação, todas as dietas mediterrâneas enfatizavam frutas, vegetais, legumes e grãos integrais, junto com quantidades moderadas de peixe e outras proteínas.

Entenda os resultados

Após o período de análise, os pesquisadores da Associação Americana do Coração descobriram que seguir as duas dietas mediterrâneas com azeite melhorou os níveis de HDL dos participantes, embora o efeito fosse muito maior naqueles que ingeriam mais do óleo extraído da azeitona.

Especificamente, a dieta mediterrânea à base de azeite de oliva melhorou um processo chamado transporte reverso do colesterol, ou a remoção da gordura ruim que formavam placas nas artérias ligadas ao fígado, dizem os pesquisadores no artigo publicado no site da instituição. A partir daí, o colesterol acaba sendo eliminado do corpo.

Essa alimentação saudável, típica de países banhados pelo mar Mediterrâneo, também ajudou a relaxar os vasos sanguíneos, permitindo maior fluidez do sangue. Isso contribui para a redução do risco de problemas cardiovasculares.

Os pesquisadores americanos não sabem dizer como a dieta mediterrânea rica em azeite de oliva foi mais benéfica do que aquela que enfatiza nozes, mas acreditam que os antioxidantes no óleo podem ajudar a melhorar a função do colesterol HDL.

Ainda assim, alertam que mais pesquisas são necessárias para ver se melhorias semelhantes também podem ser vistas em pessoas saudáveis.

Categories: Alimentação
João Paulo Martins:

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!