X

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!

Pacientes com covid-19 apresentam baixos níveis de vitamina D em estudo

Estudo associa baixos níveis de vitamina D à internação por covid-19 num hospital da Espanha (Foto: Pixabay)

Mais de 80% dos pacientes internados covid-19 internados num hospital da Espanha apresentam deficiência de vitamina D, de acordo com um novo estudo.

Pesquisadores do Hospital Universitário Marques de Valdecilla em Santander, na Espanha, observaram os níveis de vitamina D (calciferol e colecalciferol) em 216 pacientes internados para tratamento do novo coronavírus (SARS-CoV-2) entre os dias 10 e 31 de março.

No estudo, publicado nesta terça (27/10) no periódico científico Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, os níveis de vitamina D dos 216 pacientes foram comparados aos de um grupo de controle de 197 pessoas de idade e sexo semelhantes na mesma área geográfica.

Dos 216 avaliados, 19 tomaram suplementos orais de vitamina D por mais de três meses antes de suas internações e foram analisados como um grupo separado.

Resultados da pesquisa

Os cientistas espanhóis descobriram que 82% dos pacientes hospitalizados com covid-19 eram deficientes de calciferol e colecalciferol, enquanto 47% do grupo de controle tinham a mesma hipovitaminose.

Ainda segundo o estudo, os níveis de vitamina D eram “especialmente mais baixos” em homens infectados pelo SARS-CoV-2 em comparação com as mulheres hospitalizadas.

Os autores lembra que há evidências sugerindo um papel importante desse nutriente na proteção contra a covid-19.

A vitamina D é um hormônio produzido pelos rins e sintetizado pela luz do Sol na pele. Ela controla a concentração de cálcio no sangue e afeta a função do sistema imunológico.

A deficiência desse nutriente está associada a problemas de saúde, incluindo doenças cardíacas, diabetes, câncer e esclerose múltipla.

Relação com infecções

De acordo com o estudo recém-divulgado, há “evidências convincentes” de uma associação epidemiológica entre baixos níveis de vitamina D e infecções como gripe, HIV e hepatite C.

“Existem inúmeras evidências na literatura médica que apoiam o efeito benéfico da vitamina D no sistema imunológico, especialmente em relação à proteção contra infecções, incluindo as virais”, afirma Jose Hernandez, um dos autores da pesquisa, em entrevista para a emissora canadense CTV News.

Apesar de os pesquisadores identificarem uma prevalência da hipovitaminose de vitamina D em pacientes hospitalizados com covid-19 em comparação com o grupo de controle, eles não encontraram uma associação entre os níveis do nutriente e a gravidade da doença.

Embora não tenham estabelecido uma associação entre a deficiência de vitamina D e o agravamento da infecção pelo novo coronavírus, os autores observaram que o grupo de pacientes hospitalizados que tomavam suplementos orais antes da admissão apresentaram resultados ligeiramente mais favoráveis do que aqueles que não o fizeram.

Ainda assim, eles alertam que não se deve consumir suplementos sem orientação de um médico.

Categories: Bem-estar
João Paulo Martins:

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!