X

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!

Príncipe árabe que está em coma há 15 anos mexe os dedos

Depois de mexer a cabeça em 2019, agora, Al-Waleed bin Khalid movimentos os dedos da mão direita, apesar de estar em coma (Foto: Twitter/Reem_Alwaleed/Reprodução)

O bilionário príncipe saudita Al-Waleed bin Khalid, mais conhecido como o “príncipe adormecido”, teve uma ligeira reação após passar 15 anos em coma, decorrente de um trágico acidente de carro.

O homem de 33 anos balançou os dedos da mão direita, gerando esperança para sua família.

Segundo a revista libanesa Al Afkar, o príncipe atendeu ao apelo de sua tia, a princesa Noura Bin Talal Bin Abdel Aziz, e mexeu os dedos da mão direita – o vídeo com o momento foi compartilhado no Instagram na última quarta (21/10). Para sua família, esse acontecimento é mais um motivo para desligar os equipamentos, pois acreditam que já seja um progresso.

No entanto, não é a primeira vez que Al-Waleed bin Khalid demonstra alguma reação. A família comemorou em junho do ano passado um movimento cabeça do príncipe. Confira abaixo:

Ele sofreu o acidente de carro quando tinha apenas 18 anos e ficou por uma década hospitalizado na Unidade de Terapia Intensiva em Riade, na Arábia Saudita. Há cinco anos ele foi transferido para a residência da família.

História do “príncipe adormecido”

A trágica história do bilionário príncipe árabe Al-Waleed bin Khalid ficou conhecida mundialmente no ano passado por meio das redes sociais, depois que um vídeo em que ele mexe a cabeça se tornou viral.

Essa pequena reação foi suficiente para a família do membro da realeza da Arábia Saudita, que está há 15 anos em coma, se recusar terminantemente a desligar seus aparelhos.

O príncipe sofreu um acidente de trânsito aos 18 anos e, desde 2005, está acamado, por isso, em seu país, é conhecido como o “príncipe adormecido”.

Ele passou cerca de 10 anos na UTI de um centro de saúde na cidade de Riade. Porém, segundo o jornal espanhol El Mundo, há anos o príncipe permanece em coma na residência da família.

Por meio das redes sociais, há rumores sobre a possível morte cerebral dele, que chegou a ser negada pela família.

Segundo o periódico espanhol, a família se recusa a desconectá-lo, pois mantém a esperança de que um dia ele “recupere a vida”, apesar de os médicos não terem dado perspectivas favoráveis para a recuperação do príncipe.

Categories: Cultura
João Paulo Martins:

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!