Americano é perseguido por onça-parda e grava tudo em vídeo

A cena assustadora e inusitada, compartilhada no Instagram, foi registrada num parque que fica no estado de Utah

Onça parda persegue andarilho

Ao encontrar um puma, a dica é manter contato visual, não correr e tentar assustar o bicho com barulho e arremesso de objetos (Foto: Instagram/kunkyle/Reprodução)

Existem vários animais silvestres perigosos nos Estados Unidos, como o temido urso pardo. Mas no estado de Utah, as regiões áridas podem reservar encontros nada tranquilos com o puma ou onça-parda.

Foi o caso do americano Kyle Burgess que estava praticando corrida no parque Slate Canyon, perto de Provo, Utah, quando capturou em vídeo seu encontro com uma onça-parda.

A gravação foi capturada no sábado (10/10) e publicada no Instagram no domingo (11/10). Nela é possível ver que, por volta dos três minutos, o animal decide ir em direção a Kyle.

Confira as imagens que estão deixando muitos internautas assustados:

Protegendo os filhotes

De acordo com o jornal local The Gazette, é provável que o puma flagrado pelo americano tenha ficado agressivo porque estava querendo proteger seus filhotes.

No começo do vídeo dá para ver que um filhote, ao ver a aproximação do rapaz, corre para longe. “Os pumas são mais propensos a ser ofensivos quando precisam defender os filhotes”, informa a publicação.

O Gazette explica que Kyle Burgess teve muitas atitudes certas durante o encontro com o animal selvagem:

  • Ele não correu, recuou lentamente. Isso pode ajudar a evitar uma resposta agressiva do felino
  • Ele manteve contato visual com a onça tanto quanto possível. O animal parece atacar quando Kyle se vira para localizar a trilha, mostrando a importância desse contato visual para manter o puma à distância
  • Ele fez barulho para tentar assustar o felino. Isso é algo que provavelmente poderia ter feito mais, embora a onça parecesse não se intimidar com os gritos
  • Ele tentou se mostrar maior (elevando os braços, por exemplo). Embora isso não seja visto no vídeo em primeira pessoa, ele faz referência a isso
  • Ele permaneceu calmo. Manter a calma evita que o medo leve a uma decisão errada

O jornal lembra que o corredor amador poderia ter jogado objetos na direção do felino. “É o que parece afastar o animal. No entanto, no vídeo, não está claro se Kyle Burgess tem algo para arremessar ou não”, diz o Gazette.

Embora haja pedras ao redor do rapaz no chão, baixar e ficar agachado para pegá-las poderia desencadear um ataque do felino.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments