Chá pode dar alergia?

Alguns dos componentes da bebida podem causar reações alérgicas, sensibilidade ou intolerância em certas pessoas

Chaleira servido chá

Os chás preto, mate, verde e branco contêm cafeína, um ingrediente que costuma causar alergia (Foto: Pixabay)

Seja quente ou gelado, com mate ou outra erva, nada é mais calmante do que uma xícara de chá, a menos que você seja alérgico à bebida.

As alergias ao chá, embora não sejam desconhecidas, são raras, segundo artigo publicado no site especializado em saúde Healthline. Normalmente, as pessoas sentem sensibilidade ou intolerância à bebida.

Como toda reação alérgica, o chá ao ser consumido pode desencadear uma resposta do sistema imunológico. Isso ocorre porque o corpo acha de forma errada que uma substância presente na bebida é perigosa e tenta combatê-la produzindo anticorpos.

Sintomas da alergia

Se você é alérgico a chá, seus sintomas podem incluir:

  • Urticária
  • Sensação de formigamento ou coceira na boca
  • Inchaço dos lábios, garganta, língua ou rosto
  • Anafilaxia

Já para quem tem intolerância ou sensibilidade ao chá os sintomas diferem um pouco e podem incluir:

  • Náusea e vômito
  • Diarreia
  • Cólicas estomacais ou dor na barriga
  • Azia
  • Inchaço
  • Irritabilidade

Diferentes tipos de alergia

Como mostra o Healthline, os chás costumam ser classificados como fitoterápicos ou não. Você pode ser alérgico ou sensível aos componentes encontrados em um ou em ambos.

“Se você tem alergia a qualquer componente do chá, deve evitá-lo completamente. Se você tem sensibilidade a esses compostos, pode tolerá-los em pequenas quantidades, principalmente se a bebida for preparada de forma mais diluída”, informa o site especializado.

Os chás mate, preto, verde, oolong e branco contêm quantidades variáveis dos componentes que costumam causa reações alérgicas ou sensibilidade em algumas pessoas.

Normalmente os alergênicos são: cafeína, taninos e teanina. Se você é alérgico a cafeína, evite chás mate e preto.

Um estudo publicado em 2016 no periódico científico Pharmacognosy Magazine descobriu que o chá preto contém o maior teor de cafeína. Além disso, o chá verde contém mais tanino e possui teanina, assim como o branco.

(Foto: Pixabay)

Chá de erva

Os chás de ervas são feitos das raízes, folhas, caules e flores de diversas plantas.

Ao escolher esses ingredientes, certifique-se de evitar as que você é alérgico ou sensível.

De acordo com o site Healthline, existem vários chás populares de plantas da família Asteraceae (margarida). Um deles é a camomila. Em casos raros, essa flor está associada a reações alérgicas quando ingerida ou usada na pele.

Se você é alérgico a alguma flor ou pólen dessa família (ambrósia, margarida, malmequer e crisântemo), pode ser alérgico ou sensível à camomila.

“O hibisco é um membro da família das Malvaceae e pode causar reações em pessoas que são alérgicas a outras plantas desta família, como a malva-rosa. O hibisco também contém taninos e pode afetar quem tem alergia a esse componente”, alerta o artigo do site especializado.

Como lidar com alergia ao chá?

O tempo de preparação de qualquer xícara de chá afeta a quantidade de alérgenos que ela contém, diz o Healthline.

Para quem tem apenas sensibilidade moderada aos elementos do chá, como taninos, uma leve imersão em vez de uma longa infusão pode suficiente para desfrutar da bebida.

Infelizmente, algumas pessoas podem não conseguir beber chá devido às alergias. Se for esse o seu caso, ainda há maneiras de obter os benefícios dele em outras bebidas.

Muitos chás de ervas contêm ingredientes benéficos, como antioxidantes. Você pode optar por suco de romã ou tomate, que também possuem esse nutriente.

Em dias quentes, água gelada com fatias de limão ou pepino pode ser uma ótima opção.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.