Victor Chaves, que fez dupla com Leo, inicia carreira solo

Depois da polêmica sobre a suposta agressão à ex-esposa, cantor sertanejo mineiro prepara o lançamento de um álbum solo, chamado Projeto VC

Victor Chaves - Instagram

Após ficar três anos afastado da mídia devido à acusação de agressão à ex-esposa, o músico Victor Chaves retorna em carreira solo (Foto: Instagram/victorchaves/Reprodução)

O cantor sertanejo mineiro Victor Chaves, que fez dupla com o irmão Leo até 2018, anunciou em sua conta do Instagram que vai começar uma carreira solo.

A decisão do músico vem três anos após a acusação de que ele teria agredido a então esposa, a empresária Poliana Bagatini, que estava grávida, dentro do apartamento do casal em Belo Horizonte.

Em janeiro deste ano, Victor foi condenado a 18 dias de prisão, por vias de fato (quando há agressão sem deixar marcas). A sentença ainda prevê pagamento de R$ 20 mil por danos morais. No entanto, o artista está recorrendo da decisão.

Victor Chaves revelou ao jornal Folha de S. Paulo, em entrevista divulgada em junho, que sofreu depressão após a acusação de agressão e que chegou até a tentar se matar. “Utilizaram os fatos com leituras sensacionalistas. Se não fosse para a mídia e não chegasse aos rigores que chegaram, teria sido um dia de caos que resultaria em separação. Como se trata da mãe dos meus filhos, só posso falar que houve descontrole emocional grande […] Vivi uma dor tão grande que só dormia e tocava. O que me salvou foi a arte. Durante uns sete meses, tomava banho de três em três dias”, comenta o cantor, que é pai de Maria Vitória e João Luiz, ao periódico.

A polêmica também fez com que a dupla Victor e Leo deixasse de participar do programa The Voice Kids, da Rede Globo – eles eram técnicos ao lado de Carlinhos Brown e Ivete Sangalo.

Carreira solo

Em vídeo divulgado no Instagram na última segunda (5/10), o cantor sertanejo fala sobre a nova carreira solo.

“Há quase 30 anos iniciava minha carreira artística. Minha arte já fluía livre e limpa, e é assim até hoje. Eu tenho para mim que qualquer conceito criativo voltado a resultado é tudo, menos arte. As pessoas vinculam a palavra sucesso a materialismo e a algum status, que a fama possa gerar. Mas acho que a arte não tem nada a ver com isso. A arte, para mim, é feito uma mina d’água, que não se compromete a virar rio ou correr para qualquer oceano que seja. O compromisso da arte é fluir. Então, minha expectativa é zero. E meu amor pelo que faço é 100%, assim como é 100% as pessoas que usufruem dessa arte”, diz Victor Chaves na gravação que já conta com 126 mil visualizações.

Já nesta terça (6/10), o músico compartilhou um vídeo que mostra a chamada do minidocumentário feito sobre o processo criativo do álbum Projeto VC, que faz parte de sua carreira solo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.