Categories: Cultura

Humorista do The Noite responderá na justiça por zombar de autistas

Há cerca de uma semana, a modelo e ex-Panicat Aline Mineiro publicou um vídeo nos Stories de seu Instagram mostrando seu namorado, o humorista Leo Lins, do programa The Noite com Danilo Gentili, do SBT, sentado num sofá e o chamou de “autista”.

“Olha o Leozinho. COmo em todas as festas, ele senta, não fala nada. É um pouco autista. Ele sempre é assim”, diz a modelo, que tem 2,3 milhões de seguidores na rede social de imagens.

O humorista retrucou dizendo que é “cancelado”, brincando com a cena descrita por Aline Mineiro.

Assista ao Stories:

Porém, o Stories feito pela ex-Panicat chegou até as associações de mães de crianças com autismo, que pediram uma retratação ou pedido de desculpas pelo uso da palavra “autista” como adjetivo.

O problema é que Leo Lins não aceitou as críticas e até ofendeu alguns usuários que enviaram mensagens privadas para sua conta no Instagram.

Caso vai para a polícia

Como mostra uma reportagem feita pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta quarta (23/9), uma mãe de autista registrou um boletim de ocorrência contra o humorista na Delegacia de Pessoa com Deficiência de São Paulo (SP).

Vale lembrar que a Lei de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146/15) prevê que aquele que “pratica, induz ou incita discriminação de pessoas por serem deficientes é punido com reclusão de um a três anos e multa”. A pena aumenta para dois a cinco anos de reclusão caso a infração seja cometida em meios de comunicação social ou publicações de qualquer tipo.

Leo Lins também ofendeu as pessoas que enviaram mensagens para ele no Instagram (Foto: Instagram/autismo_emdosedupla/Reprodução)

O Estado de S. Paulo ouviu a delegada responsável pelo caso. “Vamos chamar as testemunhas e também o senhor Leo Lins para prestar esclarecimentos […] Existe lei e as pessoas com deficiência têm de ser respeitadas”, diz delegada Maria Valéria de Paula Santos.

Ainda de acordo com o jornal, a Rede Unificada Nacional e Internacional pelos Direitos dos Autistas (Rerunia) também pretende acionar a justiça contra o comediante devido a conteúdos que ele publicou nas redes sociais zombando de pessoas com autismo.

A advogada Diana Serpe, integrante da Reunida e especialista em questões de autismo, afirma ao periódico paulista que a conduta de Lins também infringe a Lei nº 12.764/12, que estabelece a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

João Paulo Martins

Recent Posts

Descoberta nova doença genética grave que afeta os homens

Chamada de síndrome Vexas, problema causa inflamação em várias partes do corpo e ainda não…

28 de outubro de 2020

Galo de briga mata policial nas Filipinas

O agente de polícia participava de operação numa rinha de galos e teve uma artéria…

28 de outubro de 2020

Watch Dogs: Legion apresenta bug no Xbox One X

Terceiro jogo da franquia da Ubisoft será lançado amanhã (30/10) e já está causando problemas…

28 de outubro de 2020

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!