O que é o cateterismo realizado pelo cantor Mauricio Manieri?

Músico paulista sofreu um infarto e precisou passar pelo procedimento de introdução de cateter na artéria que estava obstruída

Mauricio Manieri - Instagram

Iza Stein, esposa de Mauricio Manieri, tranquilizou os fãs ao dizer que o cantor está bem após o enfarte agudo do miocárdio (Foto: Instagram/mauriciomanieri/Reprodução)

Após sentir fortes dores no peito nesta segunda (14/9), o cantor e compositor paulista Mauricio Manieri, de 50 anos, foi levado para um hospital da Grande São Paulo e precisou realizar um cateterismo.

Segundo informações obtidas pelo site Gshow, o músico sofreu um infarto e, após passar pelo procedimento de urgência no coração, está passando bem.

Na conta oficial de Manieri no Instagram, sua esposa, Iza Stein, publicou uma mensagem para os fãs do cantor – ele possui 331 mil seguidores na rede social.

“Gostaria de agradecer todas as mensagens de carinho com o Mau. As orações são muito bem vindas nesse momento, farão toda diferença em sua recuperação. Foi um grande susto, podemos considerar um milagre ele estar entre nós hoje. Ele é guerreiro e em breve estará de volta! Agradeço a toda equipe do hospital que está cuidando dele com tanto esmero e profissionalismo. Fiquem com Deus”, diz a repórter e apresentadora

Cuidado com o infarto

De acordo com informações publicadas no site do Hospital do Coração (HCor) de São Paulo, um enfarte agudo do miocárdio, ou apenas infarto, ocorre quando há a obstrução de uma das artérias que irrigam o coração.

Normalmente, como mostra o HCor, os principais sinais do enfarte são:

  • Dor forte no peito, de aparecimento súbito
  • Dores que se irradiam para o braço esquerdo
  • Mal-estar
  • Sudorese
  • Tontura

“No entanto, o infarto pode acontecer até sem a presença de uma dor forte, ou com uma dor que pode se localizar fora do tórax”, alerta o hospital.

Entendendo o cateterismo

As vítimas de enfarte precisam restabelecer a circulação na artéria coronária atingida. Segundo o HCor, se a pessoa é atendida nos primeiros 90 minutos após o aparecimento dos sintomas, as chances de recuperação são grandes.

Um dos tratamentos imediatos é feito com a introdução de um cateter (um tubo comprido, fino e flexível) na artéria comprometida. “A incisão costuma ser feita na prega interna do cotovelo, punho ou então na virilha. Esses locais são úteis porque, ao ser introduzido o fio, ele consegue alcançar o coração sem grandes desvios, facilitando o procedimento”, esclarece o Hospital do Coração.

Em caso de infarto, por meio do cateterismo, o médico introduz um stent (espécie de prótese) na artéria. Ao expandir, ele elimina a obstrução e permite a volta do fluxo sanguíneo para o coração.

Abaixo, um vídeo (em inglês) mostra o funcionamento do stent:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.