Neymar, Di Maria e Paredes estão com coronavírus

Os três jogadores do Paris Saint-Germain (PSG) testaram positivo para o vírus causador da Covid-19, segundo um jornal francês

Neymar com os parças em Ibiza

Neymar Jr. passou as férias recentes acompanhado de amigos e familiares em Ibiza, badalado balneário espanhol (Foto: Instagram/neymarjr/Reprodução)

De acordo com matéria publicada no jornal francês L’Equipe nesta quarta, dia 2 de setembro, ao menos três jogadores do Paris Saint-Germain (PSG) estão contaminados com o novo coronavírus (SARS-CoV-2): o brasileiro Neymar e os argentinos Leandro Paredes e Angel Di Maria.

“O Paris Saint-Germain formalizou três casos positivos para Covid-19 após os testes realizados na manhã desta quarta […] Os três jogadores estavam voltando de Ibiza [Espanha], onde o vírus está circulando ativamente no momento. Como muitos de seus companheiros de equipe, eles passaram parte de suas férias lá após a Liga dos Campeões”, informa o periódico.

O próprio clube, vice-campeão da Liga dos Campeões, informou em sua conta oficial no twitter que três jogadores haviam testado positivo para o patógeno. “Estão sujeitos ao protocolo de saúde apropriado. Todos os jogadores e a equipe técnica continuarão fazendo testes nos próximos dias”, completa o tweet divulgado na manhã desta quarta.

Neymar, Paredes e Di Maria farão uma quarentena de uma semana. O próximo jogo do PSG está marcado para o dia 10 de setembro, na cidade de Lens (contra o time local), no norte da França, como parte da segunda rodada da Ligue 1 (Campeonato Francês).

Férias com os “parças”

Segundo o portal GE, da Globo, o craque brasileiro do PSG não foi o único da família contaminado pela Covid-19. O pai Neymar Santos e o filho Davi Lucca, de 9 anos, também estariam com o coronavírus.

“O único assintomático foi o menino de 9 anos”, diz trecho da matéria publicada pelo GE nesta quarta.

Porém, Neymar não passou as férias em Ibiza apenas com o pai e o filho.

Como mostram os inúmeros registros divulgados no Instagram nos últimos dias, o jogador contou com a presença dos seguintes “parças” (amigos de infância): Cris Guedes, Gil Cebola e Jota Amâncio.

Ainda não há informação se algum deles está com o SARS-CoV-2.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.