Tamanho do prato e do copo faz diferença na dieta, sabia?

Especialistas descobriram que o tamanho e o formato das louças podem induzir ao maior consumo e, consequentemente, ao ganho de peso

Prato com talheres

Para quem quer reduzir o peso, a dica é comer em pratos pequenos usando talheres pequenos (Foto: Pixabay)

Quando se fala em dieta, logo vem à cabeça a restrição de determinados alimentos. Por exemplo, na dieta cetogênica, há prevalência no consumo de carne e gordura e redução dos carboidratos.

Porém, qual o papel dos pratos e talheres no emagrecimento – ou engorda? O tamanho do prato influencia a quantidade que comemos, de acordo com o pesquisador Brian Wansink, da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, citado pelo jornal britânico The Telegraph.

Em uma série de estudos, ele descobriu que participantes que comem em pratos ou tigelas maiores consomem mais do que aqueles que usam louças menores, embora o efeito seja ligeiramente reduzido se o utensílio tiver uma cor semelhante à da toalha da mesa.

Talher induz à gula?

Como mostra o jornal, num dos experimentos, Wansink convidou 85 nutricionistas para tomar sorvete. Aleatoriamente, ele lhes oferecia uma tigela grande ou pequena e uma colher de sorvete grande ou pequena, e os encorajava a se servirem tanto quanto desejassem.

O teste levou aos seguintes resultados:

  • Os que receberam tigelas maiores comeram 31% mais sorvete
  • Aqueles que usaram colher maior comeram 14,5% mais
  • Quem recebeu um prato grande e uma colher grande consumiu 56,8% a mais de sorvete

Mais tarde, quando foram questionados pelo pesquisador, os nutricionistas que se serviram das porções maiores não acharam que tinham comido mais do que seus colegas, segundo o Telegraph.

(Foto: Pixabay)

De olho no copo

Até a forma do vidro pode influenciar o quanto consumimos. Para entender essa questão, o pesquisador Koert van Ittersum, do Instituto de Tecnologia da Geórgia (EUA), em parceria com Brian Wansink realizaram estudos com diferentes tamanhos e formatos de copos.

Quem bebe em copos curtos e largos, curvos ou inclinados para fora se serve em grandes quantidades e bebe mais do que aqueles que bebem em copos altos e finos, informa o jornal britânico.

Numa das pesquisas, adultos receberam copos curtos e largos e beberam 19,2% mais suco do que aqueles que usaram copos altos e finos. O efeito foi ainda mais evidente em crianças, que consumiram 76,4% a mais de suco ao receberem copos curtos e largos.

Em outro estudo, citado pelo The Telegraph, Ittersum e Wansink pediram aos participantes adultos que colocassem uma pequena (44 ml) de líquido em copos de diferentes formatos. O resultado? Todos os participantes – mesmo bartenders experientes – transbordaram de 20 a 30% ao tentarem estimar a quantidade em copos largos curtos em comparação com vasilhames retos e altos.

Como aplicar essas descobertas na perda de peso? Abaixo, os especialistas dão algumas dicas:

  • Use pratos, copos e talheres menores
  • Coma em tigelas mais pesadas em vez de leves, para ajudar na sensação de saciedade
  • Minimize o contraste de cores entre a louça e a toalha de mesa
  • Beba em copos altos e finos em vez de recipientes curvos, canelados ou curtos e largos
  • Curiosamente, louças e xícaras vermelhas podem induzir na redução do consumo

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.