Doodle do Google homenageia Alexandre Dumas

Principal buscador da internet celebra a primeira publicação de O Conde de Monte Cristo, obra clássica de Dumas

Doodle Google - Alexandre Dumas

Doodle do Google celebra os 176 anos da publicação de O Conde de Monte Cristo, do escritor francês Alexandre Dumas (Foto: Google.com/Reprodução)

Nesta sexta, dia 28 de agosto, o Google substituiu seu logotipo usual por um Doodle em homenagem ao escritor francês Alexandre Dumas, autor dos clássicos O Conde de Monte Cristo e Os Três Mosqueteiros.

Em 28 de agosto de 1844 – há 176 anos – Alexandre Dumas publicava no jornal francês Journal des Débats o primeiro volume de O Conde de Monte Cristo, sendo os 17 restantes divulgados ao longo de um ano e meio.

O célebre autor nasceu com o nome de Dumas Davy de la Pailleterie na cidade francesa de Aisne. Seu pai, o general Thomas-Alexandre, era natural da colônia de Saint-Domingue, que hoje se chama Haiti.

Dumas escreveu sua primeira peça aos 27 anos, antes de participar da Revolução Francesa de 1830 que depôs o rei Charles X.

Autodidata, o escritor usou sua experiência de vida e as histórias contadas pelo pai – primeiro negro a ocupar cargos importantes no exército francês – como pano de fundo de suas obras.

Especialistas acreditam que, ao longo da carreira, Alexandre Dumas escreveu mais de 100 mil páginas de romances, peças de teatro e outras obras literárias.

Doodle do Google

Em homenagem à publicação do primeiro volume de O Conde de Monte Cristo, o Doodle do Google mostra os principais pontos da história criada por Dumas, um conto clássico de traição e vingança.

A animação exibida na página inicial da ferramenta de busca usa quadrinhos criados pelo artista americano Matt Cruickshank, que já apareceu anteriormente no Doodle, como na homenagem à escultora britânica Barbara Hepworth.

Abaixo, um vídeo que traz o Doodle de hoje:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.