Mais uma vacina contra a Covid-19 dá bom resultado em teste clínico

Imunizante criado pela empresa americana Moderna gerou resposta imune superior à de pacientes que tiveram coronavírus e se recuperaram

Vacinando uma pessoa

A vacina testada pela Moderna apresentou ótima resposta imunológica em adultos acima de 56 anos (Foto: Pixabay)

Vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) produzida pela Moderna, empresa americana de biotecnologia, apresentou resposta imune promissora em pacientes idosos no estágio inicial do teste clínico.

Segundo informação divulgada pela emissora americana CNBC nesta quarta, dia 26 de agosto, a empresa testou sua vacina em 10 adultos com idades entre 56 e 70 e em 10 idosos com 71 anos ou mais. Cada participante recebeu duas doses de 100 microgramas da vacina com 28 dias de intervalo.

Como mostra a emissora, os voluntários produziram anticorpos que os pesquisadores acreditam serem necessários para criar a imunidade ao vírus causador da Covid-19 e favorecer a produção de células T, linfócitos responsáveis pela proteção do organismo.

Os resultados dos testes da Moderna ainda não foram publicados, mas apontam que os anticorpos produzidos foram mais numerosos do que em pacientes se recuperaram da infecção causada pelo coronavírus.

A vacina também pareceu ser bem tolerada, sem eventos adversos graves relatados, diz a CNBC. Ainda assim, alguns voluntários relataram fadiga, calafrios, dores de cabeça e dor no local da injeção, embora a maioria dos sintomas tenha desaparecido em dois dias.

O imunizante testado pela Moderna é um dos 170 que estão em desenvolvimento para combater a Covid-19, incluindo a da Universidade de Oxford, da Inglaterra, que está sendo testado no Brasil.

O novo coronavírus já infectou mais de 23,9 milhões de pessoas em todo o mundo e matou pelo menos 820.100, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.