Kelly Ousbourne está irreconhecível após perda de peso

A cantora, estilista e apresentadora britânica realizou uma redução de estômago em 2018 e chegou a perder cerca de 56 kg

Kelly Osbourne - Antes e Depois

A cantora e apresentadora Kelly Ousbourne, filha da lenda do rock Ozzy Ousbourne, perdeu 56 kg após fazer uma cirurgia bariátrica (Foto: Instagram/kellyosbourne/Reprodução)

A cantora, apresentadora, estilista e atriz britânica Kelly Osbourne, de 35 anos, perdeu cerca de 30 kg e apareceu irreconhecível em fotos recentes.

A estrela do reality show The Osbournes, exibido pelo canal MTV entre 2002 e 2005, e atual jurada dos programas Australia’s Got Talent e Project Runway Junior, revelou ao podcast Hollywood Raw, divulgado no dia 20 de agosto, que passou por uma cirurgia secreta de redução do estômago há dois anos.

“Eu não dou a mínima para o que as pessoas vão dizer. Eu fiz isso, estou orgulhosa. Eles que vão à merda. Eu fiz a cirurgia bariátrica. Tudo que ela faz é mudar a forma do estômago. Eu nunca vou mentir sobre isso, nunca. É a melhor coisa que já fiz”, revela a filha mais velha do cantor Ozzy Osbourne (banda Black Sabbath) ao podcast.

Além disso, Kelly revelou ainda que tomou injeções de ácido hialurônico para mudar o formato do rosto e deixar a mandíbula mais “magra”, depois que descobriu ser vítima de disfunção temporomandibular (ou ATM).

“Foi aí que as pessoas começaram a perceber que eu realmente tinha perdido peso porque mudou a forma de tudo. Mudou tudo no meu rosto! Como diabos eu não soube disso antes?”, diz a apresentadora.

Revelação nas redes sociais

No início de agosto, Kelly Osbourne falou sobre sua perda de peso nas redes sociais, dizendo aos fãs que havia “trabalhado muito” para conseguir seu novo visual.

“Sim! Estou me gabando porque trabalhei muito e isso é bom!”, escreve a artista na descrição de um Stories do Instagram que exibia uma etiqueta de roupa de tamanho pequeno e foi ao ar no início de agosto.

Em seu livro de memórias There Is No F*cking Secret: Letters From a Badass Bitch, publicado em 2017, Kelly falou sobre suas batalhas contra o ganho de peso, bem como seus problemas de abuso de substâncias (incluindo álcool), e descreveu a si mesma como tendo “um corpinho” que a impedia de ir à academia e se exercitar perto de pessoas mais magras.

(Foto: Instagram/kellyosbourne/Reprodução)

Renovando a mente

Antes de decidir fazer a cirurgia bariátrica, a filha de Ozzy afirma ao Hollywood Raw que precisava consertar sua mente e ficar sóbria antes de tomar grandes decisões.

“A primeira coisa que eu tinha que fazer era ficar feliz. Eu tive que consertar minha cabeça antes que pudesse consertar meu corpo. Você nunca pode entrar nisso se não estiver com a mente em dia”, declara Kelly Osbourne.

Ela parou de beber e diz que foi “a melhor coisa que fez”. “Eu realmente queria consertar as coisas que estavam ‘quebradas’ em mim. Não sou perfeita. Ainda cometo muitos erros. Tenho pedras na estrada; eu caio; mas me levanto novamente”, completa a celebridade britânica.

Kelly também admite que, desde que passou a exibir seu corpo mais magro, vem chamando mais atenção dos homens e recebendo mais convites.

“Acordei um dia e estava em todos os jornais e sites. Eu tinha literalmente centenas de mensagens de texto. Fui convidada sete vezes num só dia. Eu disse ‘não e obrigada’ a cada um deles”, afirma ao podcast.

Exemplo da mãe

Vale lembrar que a mãe de Kelly, Sharon Osbourne, de 67 anos, que também é apresentadora de TV, é conhecida por ter feito várias cirurgias plásticas, sendo a última um lifting no rosto em dezembro de 2019.

Mas a intervenção cirúrgica mais importante da esposa de Ozzy Osbourne foi uma redução de estômago por meio de banda gástrica ajustável.

Após anos de flutuação de peso, a cirurgia bariátrica de 1999 rendeu à celebridade a perda de cerca de 56 kg.

Porém, em 2006, após engordar quase sete quilos, Sharon decidiu remover a banda gástrica.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.