Conheça 5 benefícios do consumo de tomate

O fruto é rico em nutrientes, incluindo licopeno, que ajuda até a prevenir problemas nos olhos

tomates

Tomates são ricos em nutrientes que ajudam até a prevenir problemas de visão (Foto: Pixabay)

Tomate vai bem na salada ou como parte das refeições, especialmente nos molhos que acompanham as massas italianas.

Além de dar um sabor a mais aos preparos, o tomate também possui nutrientes essenciais para nosso organismo.

De acordo com o nutricionista e escritor americano Jonny Bowden, em entrevista publicada no site Good House Keeping no dia 20 de julho, “o tomate é um daqueles alimentos que todos consideram óbvios mas que faz muito bem à saúde”.

Tomate melhora a saúde do coração

Em termos dos nutrientes presentes nos tomates, “o número um é o licopeno, um antioxidante natural que confere a bela cor vermelha”, diz Bowden.

Uma pesquisa de 2018 publicada no periódico científico Frontiers in Pharmacology mostra que o licopeno está ligado ao sistema cardiovascular de várias maneiras, incluindo o controle da pressão arterial.

O nutriente da classe dos carotenoides, que dá a cor vermelha do tomate, também ajuda a prevenir aterosclerose e a diminuir os níveis de colesterol ruim (LDL) e de triglicerídeos, promovendo a síntese de partículas de HDL (colesterol bom).

Prevenção de câncer

“O licopeno chamou muita atenção no famoso ‘estudo das pizzas’ de 2006″, comenta o nutricionista americano ao Good House Keeping.

“Os pesquisadores descobriram que homens que comiam pizza duas ou mais vezes por semana reduziram em 23% o risco de câncer de próstata. Os cientistas acreditam que o efeito veio do licopeno presente no molho de tomate”, completa o escritor.

Desde então, surgiram outras pesquisas que indicam uma possível relação entre o consumo de tomate e o menor risco de outros topos de câncer, incluindo de ovário, de estômago e do pâncreas.

Um estudo de 2006 descobriu que o molho de tomate das massas italianas podem ajudar a evitar o câncer de próstata (Foto: Pixabay)

Tomate é rico em vitamina C

Apesar de ser vendido como um legume, o tomate é um fruto e, como não podia deixar de ser, possui vitaminas e minerais.
“O tomate é uma boa fonte de vitamina C e potássio, dois nutrientes essenciais para a maioria das pessoas”, afirma Jonny Bowden.

Curiosamente, de acordo com o nutricionista, uma grama de purê de tomate tem mais potássio que o fruto fresco. Já a pasta de tomate tem o dobro desse mineral em relação ao purê.

“No entanto, os tomates são considerados alimentos com alto teor de potássio. Para efeito de comparação, um tomate médio possui 292 mg de potássio, enquanto uma banana média possui 422 mg.

Redução dos efeitos do diabetes

Legumes e frutas são sempre opções inteligentes para se incluir no prato, especialmente quando se tem diabetes.

Uma pesquisa publicada em 2018 na revista científica Food Properties descobriu que o tomate parece ajudar na redução do estresse oxidativo, da inflamação, da aterosclerose e dos danos nos tecidos causados pelo diabetes tipo 2.

Comer um tomate no almoço provavelmente não reduzirá imediatamente os níveis de açúcar no sangue, mas as propriedades protetoras a longo prazo não devem ser ignoradas.

Tomate pode proteger a visão

Se você precisa de mais um motivo para comer alimentos ricos em carotenoides, como o licopeno do tomate, dois estudos publicados na Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos em 2003 e 2011, apontam benefícios desse nutriente para a visão.

O primeiro estudo mostrou que o licopeno pode prevenir o estresse oxidativo associado ao aparecimento da catarata – opacidade que se forma na lente do olho, o cristalino, reduzindo a acuidade visual.

Na segunda pesquisa, o consumo desse carotenoide foi associado a um risco menor de desenvolvimento de degeneração macular relacionada à idade. Este problema causa perda da visão no centro do olho ao afetar a região central da retina.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.